Logo Tabela Carros
Logo Tabela Carros
Logo Tabela Carros

Perguntas Frequentes

O que é a Tabela FIPE? Para que serve?

Por: Guilherme de Almeida Bufoni
03/04/2021

A Tabela FIPE foi criada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas e serve para as pessoas consultarem o preço médio de veículos no Brasil.

Quando o assunto é preço de veículos (carros, motos e caminhões), a Tabela FIPE é a maior referência do mercado.

 

De forma resumida a Tabela Fipe serve para:

  • ajudar a determina o preço de compra e venda de um veículo usado ou seminovo;
  • base de cálculo para contratos de seguros;
  • base de cálculo para determinar o valor do IPVA;

 

Como é calculado o preço de um veículo na Tabela FIPE?

São feitas pesquisas de mercado em todo território nacional, os preços de veículos usados, seminovos e novos são coletados. Os valores muito altos ou muito baixos são descartados e a partir destes dados é feito uma média.

A tabela Fipe é atualizada mensalmente e nela consta os modelos base de todas as marcas consolidas no mercado, versões de motorização e ano/modelo de cada veículo.

 

Por que existem veículos que não estão na tabela FIPE?

Você pode não encontrar um veículo na tabela FIPE pelos seguintes motivos:

  • veículos que no seu lançamento foram vendidos exclusivamente para os seguimentos frota, governo, blindados ou personalizados;
  • marcas não consolidadas no mercado ou fabricação própria;
  • veículos de teste;
  • veículos de importação independente;         
  • carros ano/modelo anteriores à 1985;
  • motos ano/modelo anteriores à 1990;
  • caminhões ano/modelo anteriores à 1981;

Como visto, os dados da tabela FIPE começaram a ser apurados a partir de 1981 para caminhões, 1985 para carros e 1990 para motos.

 

Por que existem discrepâncias dos preços anunciados em relação a Tabela FIPE?

O preço na tabela é uma referência, um veículo pode valer mais ou menos de acordo com alguns fatores:

  • estado de conservação;
  • quilometragem;
  • cor;
  • revisões feitas na concessionária;
  • acessórios instalados, adaptações, modificações ou personalizações;
  • região do país;    
  • etc;

 

Você pode decidir se o seu veículo vale mais por conta dos fatores apresentados acima.

Se você ver algum veículo anuncia por um valor muito menor do que está na tabela, desconfie!

Fonte: https://veiculos.fipe.org.br                                          

Veículo usado e seminovo: Qual a diferença?

Por: Guilherme de Almeida Bufoni
02/04/2021

Veículos usados e seminovos não são a mesma coisa.

Você pode pensar que este termo foi criado por vendedores apenas para "fazer um marketing" melhor de um carro usado. Mas não é bem assim, existem alguns critérios para determinar se um veículo é mesmo um seminovo:

  • ter no máximo 3 anos de uso;
  • ser único dono;
  • quilometragem baixa: até 20 mil km por ano;

My alt text

Se um veículo que não é mais zero km e não atende os critérios acima, então deve ser considerado como um usado. Se uma loja ou vendedor oferecer um seminovo, verifique se é verdade.

Mas atenção, mesmo um usado pode ser uma boa oportunidade de compra, dependendo do estado de conservação do veículo e histórico de revisões. Se os donos anteriores foram cuidadosos e o modelo escolhido não tiver nenhum problema crônico, você pode estar diante de um bom negócio.

 

Mas... quais as principais vantagens de um seminovo?

Valor de compra mais acessível

Veículos zero km são muito mais caros, seminovos geralmente são mais acessíveis.

 

Menor desvalorização

Quando você compra um zero km, assim que você sai da consessionária o veículo perde o título de "zero km", a desvalorização é imediata.

Vamos a um exemplo prático. Um Fiat Uno Attractive 1.0 Fire Flex 0Km no mês que foi escrito este artigo (Abril de 2021) está valendo R$ 50.010 segundo a tabela FIPE. O mesmo veículo seminovo ano 2021 vale R$ 43.652,00, uma desvalorização de 12,7%, sendo que em alguns casos essa desvalorização pode chegar a 20%. Quando você compra um seminovo, não vai sofrer com essa "desvalorização inicial".

 

Permanência da garantia

Muitas montadoras oferecem a garantia de 1 até 5 anos, ou seja, quando você adquire um seminovo, é bastante provável que ele ainda esteja na garantia da fábrica.

 

Facilidade ao contratar o seguro

Alguns veículos usados, dependendo do ano e especialmente os importados, são difíceis de conseguir contratar um bom seguro. No caso de um um seminovo, você não terá este problema.

Antes de fazer negócio não deixe de conferir aqui no tabela carros o histórico de preços médios dos veículos!

© 2021 | Todos os direitos reservados