Logo Tabela Carros
Logo Tabela Carros
Logo Tabela Carros

Dicas para não cair em furada ao comprar ou vender carro usado

Por: Guilherme de Almeida Bufoni
25/10/2021

Quem não gostaria de ter algumas dicas para comprar um carro usado não é mesmo? Inúmeros brasileiros sonham em ter seu veículo, mas é preciso ter alguns cuidados tanto na hora de comprar um usado quanto na hora de vender. Afinal, não é difícil encontrar pessoas que já caíram em golpes.

Para evitar que você passe por esse tipo de situação resolvemos selecionar algumas dicas para comprar carro usado que são imperdíveis. Vamos conferir?

Dicas para comprar um carro usado

Tanto na hora da venda quanto da compra de um veículo usado é preciso ter atenção a certos detalhes. São eles que ajudarão a não cair em golpes que vez ou outra acontecem nesse meio. Algumas dicas que podem te ajudar a evitar problemas são:

 

1- O carro realmente existe?

Um dos golpes mais comuns é a venda de algum veículo que foi inventado, clonado ou que simplesmente a pessoa tirou uma foto dele no meio da rua e colocou no anúncio de venda. Para evitar cair nesse golpe, primeiramente, sempre desconfie de preços muito abaixo do mercado.

Isso porque pode ser uma estratégia da pessoa mal intencionada para conseguir aplicar o golpe mais rapidamente. Outra forma de evitar cair em golpe é procurar ver o veículo presencialmente, e não através de foto ou vídeo, e sua documentação antes de fechar a compra.

Veja, no documento do veículo, se o nome do proprietário é o mesmo do vendedor. Também verifique se consta algum tipo de gravame sobre ele.

 

2- Verifique se o carro possui alguma restrição jurídica

Nesse caso, basta fazer uma consulta a fim de verificar se o carro possui alguma restrição jurídica e ver se o Renajud possui algum bloqueio.

Você encontrará uma lista digital com todos os veículos que possuem restrição jurídica e que, por esse motivo, não podem ser comercializados.


3- Análise da quilometragem

Esse cuidado deve ser tomado independente de comprar um carro seminovo ou usado. Através da quilometragem é possível perceber se o veículo está desgastado ou conservado. Mas como fazer essa análise se uma das fraudes é justamente a alteração da quilometragem? Uma forma de verificar essa questão é observar a quilometragem que está anotada nas revisões do veículo. Você pode fazer essa verificação no Manual do Proprietário e até mesmo na etiqueta da troca de óleo que se encontra no para-brisa do veículo. 

Caso essa marcação seja menor ou maior que a que se encontra no painel é sinal que houve adulteração. Também verifique o jogo de pneus. A duração deles fica em torno dos 50 mil a 60 mil km. Caso eles estejam mais desgastados e a quilometragem seja menor pode ser que tenha ocorrido uma adulteração.

 

4- Ofertas muito tentadoras

O preço está muito abaixo do que consta na tabela FIPE? As condições são muito apelativas como, por exemplo, "não posso esperar para vender amanhã, estou precisando do dinheiro hoje" ou "o negócio tem que ser fechado hoje ou não posso vender o carro"? O vendedor insiste desesperadamente para que a compra seja realizada?

Essas são situações típicas de quem está tentando aplicar um golpe. Afinal, o golpista não quer que você consiga raciocinar a ponto de perceber que está caindo em um golpe.

Com essas dicas para comprar carro usado certamente você não será uma presa tão fácil para os golpistas.

 

Conclusão

Você já caiu em algum golpe? Se tivesse tido acesso a essas dicas teria tomado mais cuidado? Deixe sua opinião a respeito da sua experiência e do que achou do nosso conteúdo! Caso tenha gostado aproveite para compartilhar nossa página em suas redes sociais!

 

 

Este artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado. Sua opinião foi registrada e o seu comentário foi enviado.
Obrigado. Sua opinião foi registrada.

Como podemos melhorar ainda mais?

Obrigado. Sua opinião foi registrada e o seu comentário foi enviado.
Obrigado. Sua opinião foi registrada.

Como podemos melhorar?

© 2021 | Todos os direitos reservados